Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Saúde de Adolescentes

A Política Estadual de Atenção Integral à Saúde de Adolescentes (10 a 19 anos), em consonância com as diretrizes do Ministério da Saúde, trabalha na perspectiva do fortalecimento da Atenção Básica, através da sensibilização de profissionais para o acolhimento, contribuindo para a ampliação do acesso de adolescentes à saúde de modo qualificado.

A política busca a implantação da linha de cuidado, considerando: questões de gênero, orientação sexual, raça/etnia, meio familiar, condições de vida, escolaridade e trabalho visa promoção em saúde, prevenção de agravos, redução da morbimortalidade estruturada em três eixos: crescimento e desenvolvimento saudáveis; saúde sexual e saúde reprodutiva e redução da morbimortalidade por causas externas.

A Caderneta de Saúde de Adolescentes (10 a 16 anos) é um instrumento de apoio aos profissionais de saúde para a abordagem, o atendimento e para a construção de vínculo, bem como um recurso para o exercício da cidadania e do autocuidado.

A saúde de adolescentes é transversal às demais políticas da saúde, se consolidando através da interface com ações e programas intra e intersetoriais que possam contribuir para o desenvolvimento saudável dessa população. A efetivação da política nos diferentes níveis de atenção requer, portanto, um conjunto de ações articuladas e integradas que dialogam com os diferentes setores da sociedade, governamentais e não-governamentais, em busca do protagonismo desses sujeitos e o investimento no seu potencial criativo, solidário e transformador junto às suas famílias e comunidades.

A Política Estadual de Atenção Integral à Saúde de Adolescentes tem participação efetiva e interface com a Secretaria da Justiça e Direitos Humanos (SJDH); Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável do RS (CONSEAS); Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDICA); Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil (CEPETI); Grupo Gestor Estadual do Programa BPC na Escola/SJDS; Grupo Executivo Inter-setorial Estadual do Programa de Enfrentamento a Violência Sexual Infanto-juvenil/Programa de Ações Integradas e Referenciais de Enfrentamento à Violência Sexual Infanto-Juvenil no Mercosul (PAIR/SJDS); Plano Operativo Estadual de Atenção Integral à Saúde de Adolescentes em Conflito com a Lei em Regime de Privação de Liberdade (FASE/SJDH).

Crianças e Adolescentes são sujeitos de direitos, dotados de capacidade atuante em permanente construção. Como pessoas em condição especial de desenvolvimento, vão adquirindo maturidade nas relações que estabelecem em seus grupos de convivência e devem ter garantia de proteção integral e prioridade absoluta (Estatuto da Criança e do adolescente-ECA).

Fones: (51) 3288-5906 - (51) 3288-5899

E-mail: adolescente@saude.rs.gov.br

Por favor, aguarde até que o procedimento seja concluído.

Carregando
Matriz PROCERGS versão 2.0